Como Fazer Copa Lombo Em Casa Fácil

COMO FAZER COPA LOMBO EM CASA FÁCIL

Como fazer copa lombo em casa? Vamos aprender! Bom então vamos começar aqui a carne que a gente vai usar é a copa lombo, ela não tem couro nem osso, ela vem só carne.
 
VAMOS AOS INGREDIENTES
 
1 Kg de copa lombo
20 gramas de açúcar
25 gramas de sal grosso
4 dentes de alho picadinho
6 folhas de louro triturada
1 colher de café de orégano
1 colher de café de pimenta do reino branca
1 colher de café de páprica picante
2 gramas de antioxidante para cozidos
3 grama de sal cura 2 ele é usado como
conservante

TEMPERAR A COPA LOMBO 

Misture todos os temperos, coloque a carne em uma assadeira, em seguida jogue os temperos em cima da carne, então após adicionar os temperos você vai massagear esse tempero nela, ai virando ela, vai pegando o tempero que cai na assadeira e vai jogando novamente na carne, massageando apertando passando em toda a peça.
 
Após você tem então passado todo o tempero na carne a gente vai para o próximo passo agora. .

EMBALAGEM

Você vai precisar de um saquinho plástico, o tamanho do saquinho vai ser de acordo com a carne. Logo em seguida, coloque a copa lombo dentro do saquinho, todo esse tempero que sobrou joga lá dentro não vai perder isso.
 
Bom então agora vamos fazer o seguinte. ..
 
Ajeitar a peça num canto do saquinho, retirar todo o ar que esteja dentro do saquinho, por ultimo dar um nó bem na ponta do saquinho. Pronto então aproveita para massagear bem com tempero que não foi onde você queria.. .
 
MATURAÇÃO
 
Modelar ela porque ela vai começar a endurecer dentro do saquinho e começar a pegar formato. Todo dia de manhã vai lá pega na geladeira você vai ver que vai começar a juntar água, você vai pegar essa água e da uma temperada de novo vira ela, estava do lado foi do outro, armazena lá no  cantinho de novo. Fazer isso por 15 dias. Depois de 15 dias, tirar do saquinho e vai lavar ela. .
 
Após então lavar a copa, agora vamos fazer uma mistura de páprica defumada, pimenta do reino moída na hora e vinho tinto seco.
 
Adicione duas colheres de páprica picante e duas colheres de pimenta do reino agora você vai adicionar o vinho até virar uma pastinha. Passe em toda peça essa mistura, em seguida embrulhar no papel manteiga aproximadamente 7 voltas.
 
Coloque em uma assadeira e reserve na geladeira até perder 30% do peso vai dar mais ou menos de 30 a 45 dias. Então todo dia de manhã vai dar um tombo de um lado, no outro dia de manhã dá um para o outro lado..
 
Quanto mais tempo você deixar, mais tempo vai curar. Não é
necessário ter que deixar perder 30% pode ser 40% e 50%.
 
 
 
Autor:
Michael Rodrigues
Tripa Para Linguiça

TIPOS DE TRIPA PARA LINGUIÇA  – (MANUAL).

É importante conhecer os vários tipos de tripa para linguiça, para escolher a ideal para seu churrasco ou até mesmo para que você faça um bom uso de todas elas.

Citaremos os tipos de tripas naturais e artificiais, entrando um pouco mais a fundo sobre cada uma e mostrando alguns detalhes cruciais na hora da sua escolha. 

TRIPAS NATURAIS 

As tripas naturais são mais fáceis de digerir e ficam ainda mais saborosas quando passam pelo processo de defumação que, por sua vez, é mais eficiente do que nas tripas sintéticas, já que o sabor pode adentrar melhor na massa.

Sua composição é totalmente orgânica e feita com o próprio intestino do animal, ela vem limpa e salgada — sem nenhum aditivo químico — e pronta para o uso.

As tripas naturais, ainda, podem ser divididas em três categorias:

TRIPA SUÍNA

Esse é o tipo de tripa mais recomendado para fazer linguiça toscana e mista, já que seu calibre é intermediário. A metragem de cada maço varia de 45 a 90 m e pode abrigar cerca de 30 a 65 kg de recheio. O seus calibres podem ser de 28 à 38+mm.

TRIPA OVINA

Por ser mais fina, é recomendada para fazer linguiça com carne de frango ou de porco. Seu maior comprimento é 90 m e abriga de 25 a 30 kg de recheio. O seu calibre varia de 18 à 26 mm.

TRIPA BOVINA 

São as tripas com o maior calibre, que variam de 37 a 50 mm e geralmente são utilizadas para fazer linguiça calabresa, maria rosa e até alguns tipos de salames. Tendo ainda três subcategorias: tripa torta, de fundos e bexiga.

TRIPAS PARA LINGUIÇA – ARTIFICIAIS/SINTÉTICAS 

O manuseio das tripas artificias é mais prático e fácil na hora da fabricação da linguiça, mas o seu corte é um pouco mais resistente do que as tripas naturais. Seus tipos de tripa para fazer linguiça são:

Tripa de colágeno
O colágeno usado para fazer a tripa é extraído do próprio animal, porém o seu corte é mais resistente que a tripa natural.

Tripa de celulose
As tripas de celulose são feitas com fibras de algodão e/ou invólucros de madeira processada. Depois de cozida, deve-se remover a tripa para ingerir a linguiça. É muito utilizada no preparo de alimentos veganos.

Tripa de plástico 
Considerada a tripa de qualidade inferior, a tripa de plástico além de ser bem mais barata, não permite o processo de defumação, já que a água contida na linguiça não pode ser removida por completo.

Os tipos de tripa para linguiça são bem variados e isso é legal, pois abre um leque de possibilidades para preparar a sua receita. Mas para uma boa escolha, é importante saber qual resultado final você está buscando.

As tripas naturais são as mais profissionais devido a sua qualidade, o que faz a linguiça ser de qualidade também, além de adquirir mais sabor e ser orgânica, facilitando a sua digestão.

Já as tripas sintéticas, não trazem o mesmo resultado que as de outra composição, mas isso não significa que elas sejam uma má opção. Tudo dependerá do que você espera.

Gostou De Nossas Dicas ? 
Deixe seu comentário abaixo, compartilhe para mais pessoas!

Conheça Aqui Nossas Tripas Para Fazer Linguiças: 

 
Como Fazer Linguiça De Porco

PESQUISANDO COMO FAZER LINGUIÇA DE PORCO

Neste artigo você vai aprender como fazer linguiça de porco, um dos embutidos mais saboroso consumido pelos brasileiros, sabe qual é?  Linguiça de porco.

A linguiça de porco é um produto cárneo cilíndrico feito de carne suína moída juntamente com sal de cura, temperos, especiarias e aromas naturais, posteriormente embutida em tripas de porco. 

Aprenda como fazer linguiça de porco em casa a partir do zero, de forma prática, fácil e barata. Aqui está a melhor receita, veja a seguir como fazer linguiça de porco caseira, receita especial, deliciosa e prática, basta seguir o passo a passo abaixo. Vamos Lá.. . 

INGREDIENTES

1 Kg de pernil de porco.
300 Gramas de toucinho sem couro
5 gramas de sal
10 gramas de sal de cura 1
04 Dentes de alho.
2 Gramas de pimenta do reino moída
1 Colher de vinagre
Tripa de porco 28/32 mm para embutir
Barbante para amarrar

COMO FAZER LINGUIÇA DE PORCO – INICIANDO A PRODUÇÃO:

Em primeiro lugar cortar a carne de porco, e o toucinho em cubos menores, posteriormente deixe na geladeira até quase congelar, o objetivo é evitar possíveis contaminações na hora de moer e misturar a massa.

PROCESSO DE MOAGEM:

Moer em disco 10 mm,  primeiramente a carne em seguida o toucinho. utiliza-se tanto o moedor de carne manual, quanto elétrico. Obs… Caso deseje, pode ser tudo picado na faca, bem picadinho, fica excelente.  Fica a dica..

TEMPERO E MISTURA DA MASSA:

Após o processo de moagem, acomode todos os ingredientes em uma caixa plástica,  a carne, toucinho, sal de cura 1, sal comum, pimenta do reino, alho e o vinagre. Misture até formar uma massa homogenia, cerca de 5 minutos aproximadamente.

PREPARANDO A TRIPA PARA FAZER A LINGUIÇA DE PORCO:

Retire a tripa da embalagem, posteriormente lave bem em água corrente para retirar todo o sal da mesma, em seguida deixe de molho na água com 1 colher de vinagre ou limão por aproximadamente 2 horas. Após seguir esse procedimento a tripa estará pronta para uso. Obs.. retire do sal somente o que for ser utilizado, o restante da tripa mantenha no sal em uma embalagem plástica com tampa longe da luz solar.

Como Fazer Linguiça De Porco

HORA DE POR A MÃO NA MASSA:

Retire do seu moedor o disco 10 mm que usou para moer a carne e coloque o funil 10 mm, de preferencia o funil médio. Em seguida introduza a tripa de porco no funil, o ideal é dar um nó no final da tripa e depois faça um pequeno furo para retirar o ar da mesma.

Por fim, introduza a massa no moedor e vá embutindo na tripa formando  gomos de 10 cm cada aproximadamente, e amarrando.

Pronto agora é só fritar ou assar na churrasqueira, reunir os amigos, abrir uma bela cerveja e enfim, saborear essa maravilha. .. 

 

Autor: Michael Rodrigues Das Neves

 

Gostou Dessa Receita? Veja Também..
COMO FAZER LINGUIÇA DE FRANGO.

sal de cura 2

Sal De Cura – O Que É ? 

sal de cura é compostos por uma mistura de sal de cozinha, nitrito de sódio e/ou nitrato de sódio. Sua função é vital na produção de embutidos, produtos curados e defumados como por exemplo:. Linguiças, salames, bacon, salsichas, copa lombo entre outras.

Age como conservante, prolongando o tempo de conservação do produto, e ao mesmo tempo age como fixador de cor. Característico (Rosada).

Quais são os tipos de sais de cura e suas diferenças? 

Existem dois tipos de sais, um para curas rápidas utilizado para fazer linguiça fresca e congelada (nitrito de sódio) e o que é utilizado para fazer produtos curados mais de 7 dias (nitrato de sódio). Veja a seguir  suas diferenças e a quantidade correta utilizada por kg ..  

Contém nitritos em dosagem ótima, distribuídos sobre sal microcristalino. É um produto que reúne as propriedades de uma cura rápida com os efeitos conservadores desejáveis, solubiliza-se de maneira instantânea e total, distribuindo-se homogeneamente na massa, o que garante uma cura uniforme, completa e excelente estabilização da cor.

Indispensável na produção de linguiça frescal, e linguiça congelada , sendo sempre adicionado no início do processo de fabricação. Uso: 10 g para cada 1 kg de carne.

É utilizado para cura longas, como por exemplo salames, copa lombo, linguiças secas, carnes curadas, charque, bacon, presunto, calabresas, salsichas, mortadelas, entre outros. 

Atua sobre a mioglobina (vermelho púrpura) presente na carne transformando em nitrosomioglobina (vermelho) e posteriormente ao cozimento em nitrosohemocromo (rosa). Recomendação De Uso: 3 g para cada 1 kg. 

Agora que você já sabe tudo a respeito do sal de cura, e sabe como utiliza-lo corretamente é hora de praticar, por a mão na massa. Vamos lá.. . 

Confira As Melhores Receitas.
CLIQUE AQUI..