Tripa Para Linguiça
04set

Descubra Em 7 Passos Simples Os Tipos De Tripa Para Linguiça

TIPOS DE TRIPA PARA LINGUIÇA  – (MANUAL).

É importante conhecer os vários tipos de tripa para linguiça, para escolher a ideal para seu churrasco ou até mesmo para que você faça um bom uso de todas elas.

Citaremos os tipos de tripas naturais e artificiais, entrando um pouco mais a fundo sobre cada uma e mostrando alguns detalhes cruciais na hora da sua escolha. 

TRIPAS NATURAIS 

As tripas naturais são mais fáceis de digerir e ficam ainda mais saborosas quando passam pelo processo de defumação que, por sua vez, é mais eficiente do que nas tripas sintéticas, já que o sabor pode adentrar melhor na massa.

Sua composição é totalmente orgânica e feita com o próprio intestino do animal, ela vem limpa e salgada — sem nenhum aditivo químico — e pronta para o uso.

As tripas naturais, ainda, podem ser divididas em três categorias:

TRIPA SUÍNA

Esse é o tipo de tripa mais recomendado para fazer linguiça toscana e mista, já que seu calibre é intermediário. A metragem de cada maço varia de 45 a 90 m e pode abrigar cerca de 30 a 65 kg de recheio. O seus calibres podem ser de 28 à 38+mm.

TRIPA OVINA

Por ser mais fina, é recomendada para fazer linguiça com carne de frango ou de porco. Seu maior comprimento é 90 m e abriga de 25 a 30 kg de recheio. O seu calibre varia de 18 à 26 mm.

TRIPA BOVINA 

São as tripas com o maior calibre, que variam de 37 a 50 mm e geralmente são utilizadas para fazer linguiça calabresa, maria rosa e até alguns tipos de salames. Tendo ainda três subcategorias: tripa torta, de fundos e bexiga.

TRIPAS PARA LINGUIÇA – ARTIFICIAIS/SINTÉTICAS 

O manuseio das tripas artificias é mais prático e fácil na hora da fabricação da linguiça, mas o seu corte é um pouco mais resistente do que as tripas naturais. Seus tipos de tripa para fazer linguiça são:

Tripa de colágeno
O colágeno usado para fazer a tripa é extraído do próprio animal, porém o seu corte é mais resistente que a tripa natural.

Tripa de celulose
As tripas de celulose são feitas com fibras de algodão e/ou invólucros de madeira processada. Depois de cozida, deve-se remover a tripa para ingerir a linguiça. É muito utilizada no preparo de alimentos veganos.

Tripa de plástico 
Considerada a tripa de qualidade inferior, a tripa de plástico além de ser bem mais barata, não permite o processo de defumação, já que a água contida na linguiça não pode ser removida por completo.

Os tipos de tripa para linguiça são bem variados e isso é legal, pois abre um leque de possibilidades para preparar a sua receita. Mas para uma boa escolha, é importante saber qual resultado final você está buscando.

As tripas naturais são as mais profissionais devido a sua qualidade, o que faz a linguiça ser de qualidade também, além de adquirir mais sabor e ser orgânica, facilitando a sua digestão.

Já as tripas sintéticas, não trazem o mesmo resultado que as de outra composição, mas isso não significa que elas sejam uma má opção. Tudo dependerá do que você espera.

Gostou De Nossas Dicas ? 
Deixe seu comentário abaixo, compartilhe para mais pessoas!

Conheça Aqui Nossas Tripas Para Fazer Linguiças: 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *